terça-feira, 6 de abril de 2010

O que aprendi com meu cão

TUDO AQUILO QUE PRECISEI SABER SOBRE A VIDA, APRENDI COM MEU CÃO:

=> Se ficar encarando uma pessoa por bastante tempo, você acaba conseguindo o que quer.

=> Quando se trata de sexo, se você não conseguir o que quer de primeira, implore.

=> Não saia sem identificação.

=> Seja direto com as pessoas; demonstre seus sentimentos fazendo pipi nos seus sapatos.

=> Saiba quando segurar a língua e quando usá-la.

=> Sempre deixe espaço para uma boa soneca em sua programação.

=> Cumprimente as pessoas de forma amigável: uma bela cheirada no meio das pernas é muito eficaz.

=> Quando fizer algo de errado, sempre assuma a culpa
(assim que for arrastado do seu esconderijo embaixo da cama).

=> Se não for molhado e babado, não é um beijo de verdade.

=> Quando sair para ver o mundo, lembre-se: sempre pare para cheirar as rosas… e as árvores, a grama, as pedras, os hidrantes…

=> Nunca deixe passar uma oportunidade de dar uma fugidinha.

=> Sinta o ar puro e o vento em seu rosto como se fosse a oitava maravilha do mundo.

=> Quando as pessoas queridas chegarem em casa, sempre corra para cumprimentá-las.

=> Quando for do seu interesse, seja obediente.

=> Deixe que os outros saibam quando invadirem seu território.

=> Tire umas sonecas e se espreguice antes de levantar.

=> Corra, saltite e brinque diariamente.

=> Coma com gosto e entusiasmo. Pare quando estiver satisfeito.

=> Seja fiel.

=> Nunca finja ser algo que você não é.

=> Se o que você quiser estiver enterrado, cave até encontrar.

=> Se uma pessoa estiver tendo um dia ruim, fique em silêncio, sente perto dela e encoste-se gentilmente.

=> Alegre-se ao conseguir atenção e deixe que as pessoas o toquem.

=> Evite morder se uma simples rosnada funcionar.

=> Em dias de calor agradável, pare para deitar de barriga para cima na grama.

=> Em dias muito quentes, beba muita água e deite sob a sombra de uma árvore.

=> Quando estiver contente, pule e balance todo o corpo.

=> Não importa o quanto você for censurado, não se sinta culpado e não faça bico... corra de volta e faça as pazes.

=> Delicie-se com o simples prazer de uma longa caminhada.

Extraído do site Vira-Lata (http://www.vira-lata.org)

1 comentários:

Aliz - jornALIZta disse...

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk... você faz isso? Tá, então vamos ser amigos virtuais apenas, tá bom? ahahahahahahaha

Adorei!

Postar um comentário