segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Limão na cerveja ou no refrigerante pode matar

Essa eu recebi ontem e transcrevo integralmente (veio assim mesmo, toda em vermelho - os erros de português não são meus):

"LEIA COM ATENÇÃO E REPASSE
Venho através desta informar de um desastre ocorrido infelizmente, em minha família. Longe de ser uma daquelas correntes que só enchem nossa caixa postal, este é um aviso para que não ocorra o mesmo sofrimento com outras pessoas.
Viajei com meu irmão na passagem do ano para a famosa praia de CAMBORIÚ-SC. No sábado (04/01/06) fomos nos divertir em uma casa noturna chamada IBIZA onde havia muita gente bonita, ambiente aconchegante. Foi uma noite super divertida.
No domingo de manhã meu irmão acordou com fortes dores no estômago, febre alta e espasmos musculares.
De imediato levamos ao HOSPITAL SANTA INÊS em Balneário Camboriú. Muitos exames e 04 dias de internamento depois, de início, eu suspeitava que os médicos sabiam o que ele tinha, mas não queriam contar.
Falavam que, possivelmente, fosse uma Salmonella mas eu descartei a possibilidade já que nossa alimentação havia sido somente em casa. No dia 08/01/06 meu irmão infelizmente veio a falecer e, como os médicos ainda não haviam nos passado o diagnóstico, contactei meu advogado que entrou em contato com o Hospital.
Tivemos uma reunião diretamente com o Diretor do Hospital. Para nossa surpresa o caso era o seguinte: as casas noturnas servem cervejas LONG NECK, e muitas pessoas pedem para que seja colocado uma FATIA DE LIMÃO para um 'toque especial' (e porque não dizer mortal).
Decidi fazer umas pesquisas por conta própria, já que tenho um amigo próximo, pesquisador da escola de biologia Universidade Federal de Santa Catarina. Desta forma, pude descobrir que, apesar de tudo estar sendo abafado pelos fabricantes de cerveja, o problema, está nos limões fatiados que não são utilizados prontamente, e muitas vezes eles são fatiados antes mesmo dos bares e restaurantes abrirem, durante a tarde.
Ácido cítrico do limão 'velho' em ação com os conservantes estabilizantes excessivos presentes na cerveja são um paraíso para micro organismos já existentes naturalmente nas cerveja (Sacarovictus Coccus Cevabacillus ativus) se tornando um veneno letal tipo draft.
O resultado é a produção de uma toxina altamente nociva ao nosso organismo.. A sugestão para quem talvez não acredite nesta mensagem seria pedir que o garçom fatie o limão NA HORA E NA SUA FRENTE, isso minimiza e muito o risco de qualquer tipo de infecção...
Peço humildemente que divulguem este e-mail, nada trará meu irmão novamente, mas muitas vidas poderão ser poupadas..Nessa até refrigerante com a famosa fatia de limão, ou a cuba libre.
PROTEJAM-SE E PROTEJAM OUTRAS VIDAS!!!!!!!!!

LIMÃO NO COPO - avisem os filhos, amigos, irmãos, enfim todos!!!!

Não guardem o limão depois de cortado, nem na geladeira adianta...Cuidado também a todos q gostam de tomar coca cola com limão, pedir limão inteiro e cortar na hora!!!"
Enviado por José Arnaldo C. Campelo em 13/09/2009.

Antes de fazer a divulgação, como é de costume, fiz algumas pesquisas para saber se a alegação é verdadeira e...

Descobri que a mensagem começou a circular pela Internet em 2002 e que há uma outra versão assinada por um tal de Dr. Rui Campanella do Departamento de Pesquisas Biológicas da UNICAMP.

Não encontrei qualquer tipo de informação que comprove que a mistura do limão à cerveja ou a qualquer tipo de refrigerante possa causar mal à saúde!

Depois de pesquisar dois sites especializados em averiguar esse tipo de bobagem veiculado pela web, concluí que se trata de um novo boato, sem nenhum fundamento.

Para ver os detalhes das investigações, clique nos links abaixo:

2 comentários:

Anônimo disse...

Acho que a única informação "relevante" deste texto era o de prejudicar a casa noturna... Hehehehe.

Peter Martin's disse...

Li o artigo a vermelho por completo e, acho que não foi bem interpretada. Nao diz que é mau misturar limao com cerveja nem com qualquer refrigerante. Apenas diz que o limao depois de aberto se nao for usado deve ir para o lixo.

Postar um comentário