quarta-feira, 29 de julho de 2009

Vale a pena pedir a Nota Fiscal Paulista?

Circula por aí um e-mail (que recebi no mínimo três vezes), sobre a Nota Fiscal Paulista, que transcrevo abaixo.
Não deixe de ler, analisar e ler ao final a minha opinião sobre o assunto.

"A partir de Dezembro/2007 o Governo do Estado de São Paulo iniciou um programa para incentivar as pessoas a exigirem Nota Fiscal no ato de cada compra.
O negócio funciona mais ou menos assim:

Você vai ao restaurante, faz sua refeição e vai ao caixa pagar a conta.
Neste instante, você menciona que deseja uma Nota Fiscal Paulista da sua refeição.
Então o operador solicita seu CPF (obrigatório) e emite a nota.

Posteriormente (após uns 2 meses) pode consultar no site da Secretaria da Fazenda.
Lá vão constar todas as notas que você solicitou, bem como um crédito a seu favor.
Esse crédito que o governo vai conceder a você, será usado para pagar alguma dívida que você tenha com o Governo do Estado de São Paulo.
Por exemplo, se tem automóvel, poderá ter um desconto no IPVA do seu veículo.

Que pegadinha!!!

Preste muita atenção na jogada do governo.
Você pede Nota Fiscal, o restaurante paga mais ICMS para o governo.
Você acha que os donos de restaurante vão pagar essa conta?
Claro que não!
Quem vai pagar essa conta é você.

Os donos de restaurante vão repassar todo custo do ICMS no preço das refeições e finalmente é o consumidor quem vai pagar tudo.

Ah! Mas eu vou ganhar um desconto no meu IPVA! É verdade.

Você ganha um desconto de R$ 1,00 e paga R$ 10,00 a mais nas refeições.
Que vantagem Maria leva?
Além disso o governo agora está controlando sua vida, seus gastos.
Cada nota que você pede, fornece seu CPF, logo o governo tem condições de avaliar quanto foi sua verdadeira renda (independente dela ser formal ou informal).
Se você gastou e pediu Nota Fiscal, é porque tinha dinheiro.
E se tinha dinheiro é porque ganhou.
E se ganhou tem que prestar contas ao 'Leão'.
Consequentemente, isso vai acabar gerando mais Imposto de Renda para cada um de nós.

Note que essa jogada não é só do nosso governo paulista.
É uma iniciativa do Governo Federal juntamente com todos os estados do Brasil.
Tudo está acontecendo sorrateiramente.
Sem que ninguém perceba, o governo está assumindo o controle total sobre a vida financeira de cada cidadão.

Tenho fé, que ainda possamos perceber e escapar dessa armadilha.
Por favor, NÃO peçam Nota Fiscal. Essa seria uma péssima idéia!
Sei que você vai reclamar da sonegação que corre solta neste país.

Porém, lembro-lhe, que pior que a sonegação, é o dinheiro ir todo para as mãos de um governo corrupto.
Este que não presta nenhum serviço básico à população.
Não temos SAÚDE, não temos EDUCAÇÃO, não temos TRANSPORTE COLETIVO (decente) e por aí vai.

Já me considero 'escravo' do governo, por trabalhar 4 meses de cada ano para pagar impostos (só me sobram 8 meses para sustentar minha família).
Imagine se eu permitir que o governo tenha controle total sobre minha vida.
Aí que eu vou ver o que é ser 'escravo'!

Para que você tome melhor ciência sobre o assunto, visite:
http://www.saopaulo.sp.gov.br/sis/lenoticia.php?id=89937

Por favor, repasse esta mensagem a toda sua lista, seus amigos precisam saber disso.
Somente unidos é que podemos nos defender dessa roubalheira."

Agora, minha análise sobre o conteúdo dessa mensagem:

1) O sujeito que escreveu isso é, no mínimo burro, porque admite claramente que é um sonegador de impostos;
2) Além de burro, é mal informado, porque não conhece as regras claras do processo;
3) Emitir nota fiscal é, e sempre foi, obrigação de qualquer estabelecimento, portanto não poderá fazer com que os preços das refeições, por exemplo, aumentem, já que o valor do imposto sempre esteve embutido nos preços dos restaurantes.
4) A Nota Fiscal Eletrônica já é uma realidade no Estado de São Paulo e não há uma forma de reverter essa situação; aliás, muita gente que sonegava impostos (e já embutia o valor deles no preço final das suas mercadorias e serviços) agora deve estar pagando;
5) Como nesse país, só o assalariado pagava todos os impostos devidos (porque são descontados na fonte), talvez isso comece a mudar um pouco agora; imagino que o sujeito que escrveu isso não seja assalariado, mas se for, é burro duas vezes; e se você for um (assalariado, não burro), pense bem: não há nada a perder em exigir a Nota Fiscal.
6) A Nota Fiscal Paulista, além de créditos automáticos (veja como são calculados no site da Secretaria da Fazenda), realiza sorteios - e eu até já fui contemplado por um deles.
7) O cidadão íntegro e que cumpre com suas obrigações não tem medo do fisco. Aquele que tem - como quem escreveu esse e-mail - é tão corrupto quanto o governo que ele diz ser;
8) Se o governo souber que você gasta mais do que ganha, realmente será uma ameaça - já que você tem uma atividade ilícita ou não recolhe impostos sobre tudo o que ganha. Mas não se esqueça: "Ladrão que rouba de ladrão...";
9) Quem sabe com o aumento de arrecadação gerado pela Nota Fiscal Eletrônica, o time dos sonegadores corruptos se torne menor e faça com que a carga tributária do nosso país comece a diminuir daqui há algum tempo...
10) Concluindo: Eu peço Nota Fiscal Paulista. E você?


Leia também o artigo Cidadania, a gente vê por aqui, neste blog.

3 comentários:

Aliz disse...

Eu também tinha várias dúvidas sobre essa Nota Fiscal Paulista, são tantas informações truncadas... Mas aí eu resolvi matar quem estava me matando, ou seja, a dúvida: conversei com o meu contador. Ele simplesmente confirmou tudo o que está no link da Secretaria da Fazenda e disse que, por ser uma medida Estadual, não há como ocorrer toda essa perseguição que o autor do e-mail sugere. Se fosse Federal, aí o buraco seria mais embaixo, segundo as palavras dele, mas no formato atual não há o que temer.
Bem, eu sempre peço a Nota Fiscal Paulista e este ano tive R$106,00 reais de desconto no meu IPVA. Ano passo, optei por creditarem o valor na minha conta, deu cerca de R$ 100,00. Triste é que eu não fiquei...rs

Valeu por mais essa informação!

Henrique Silva disse...

Não compensa, e pouco o reembolso, e deixam seus créditos negativo sem o total reembolso deles, o pouco que vc acumula, liberam em parcelas, não pego mais e dou esse conselho, é furada, enganação, como sempre.

Henrique Silva disse...

Não compensa, e pouco o reembolso, e deixam seus créditos negativo sem o total reembolso deles, o pouco que vc acumula, liberam em parcelas, não pego mais e dou esse conselho, é furada, enganação, como sempre.

Postar um comentário