segunda-feira, 27 de junho de 2011

Itália declara guerra ao Brasil

Correio do Brasil, por João Drummond
em 10/06/2011 às 11:44

"Numa situação hipotética e surreal a Itália declara guerra ao Brasil em resposta ao descumprimento ao acordo de extradição firmado entre os dois países.
Esta situação é tão absurda como a que tornou Cesari Battisti um homem livre e prestes a se tornar um cidadão brasileiro.

Agencia ADL (do seu correspondente na Europa)

O Presidente Silvio Berlusconi acaba de encaminhar ao congresso italiano um documento oficial de declaração formal de guerra ao Brasil. Segundo este documento a medida se faz necessária em resposta ao ultraje sofrido pelo povo italiano com a negativa de extradição e com a soltura do ex-ativista Cesari Batisti.

Batisti que fora julgado à revelia por crimes de morte na Itália na década de setenta, quando era militante do grupo de extrema esquerda Proletários Armados, foi solto esta semana por decisão do STF do Brasil.

Já se vê nos portos e bases militares, intenso deslocamento de tropas e veículos militares e a embaixada no Brasil na Itália foi cercada por grupos hostis, em clara manifestação de apoio as ações do governo.

Em função da degradação das relações diplomáticas entre os dois países o governo Brasileiro recomenda que seus concidadãos erradicados ou em viagem pela Itália retornem o mais rápido possível ao Brasil.

Um comunicado oficial da ONU tenta conter a escalada das ações militares, pedindo ponderação e equilíbrio aos dois governos e a Itália recebe moções de apoio e solidariedade por parte de membros da comunidade Européia.

O Brasil chama de volta seu embaixador na Itália e coloca em alerta máximo, suas tropas de ar, mar e terra.

Neste momento a presidenta Dilma esta reunida com o Estado Maior das Forças Armadas para discutir as medidas e contramedidas a qualquer ação agressiva do Estado Italiano contra alvos brasileiros em qualquer parte do mundo.

Os Governos da Bolívia e da Venezuela colocam seus exércitos de prontidão e oferecem bases militares como apoio à contra-ofensiva brasileira. A Itália invoca a seu favor tratados multilaterais de apoio firmado entre países da Europa contra agressão a países membros.

Os EEUU se mantêm por enquanto em posição oficialmente neutra, mas a Casa Branca emite comunicado incitando os países a cumprirem os acordos firmados em fóruns internacionais.
Analistas comentam que no caso de guerra declarada o governo americano deve se alinhar como tradicionalmente faz, à posição britânica.

O Irã, a Coréia do Norte, a Síria e a China emitem comunicados favoráveis a posição brasileira e prometem retaliar no caso de qualquer ação militar por parte da Itália e seus aliados.

Há um temor generalizado que a situação mundial se degrade na direção de uma guerra de proporções globais."

Calma, pessoal! Nada disso é verdade!

Trata-se de um texto livre publicado pelo Jornal Correio do Brasil e que tem corrido a Internet através de e-mails e do Orkut, principalmente.

A culpa é do próprio cronista, que abusa das armadilhas da nossa lingua e da baixa capacidade de interpretação de texto do povo brasileiro e faz o alerta de ficção de forma velada e quase imperceptível.

O autor do texto,
João Drummond, não é jornalista e sim escritor, poeta e cronista. O texto foi publicado originalmente no site Recanto da Letras. O Correio do Brasil copiou a crônica e publicou em seu site, não cabendo portanto acusações de falso jornalismo ao autor da crônica.

O texto livre adverte claramente para o seu caráter fictício.
Azar de quem não soube interpretar.

O triste desse episódio, é que vários sites e blogs copiaram e publicaram a notícia e várias pessoas comentaram! Vejam abaixo alguns exemplos que selecionei (com a transcrição dos erros de português originais):

"...alguém teria medo de um pais do tamanho do triangulo mineiro?? O exercito brasileiro está muito forte, muito mais que itália e possui aliados como estados unidos"

"Que absurdo, sou brasileira e por causa de um tranqueira o governo brasileiro vai ferrar o povo do Brasil, manda esse b... embora! Já basta os que já temos aqui"

"A Itália pode até atacar o Brasil mas pode ter certeza, ganhar aqui é impossivel.
Eles estão numa terra distante, não conhecem a disposição exata das tropas brasileiras e muito menos o número exato de números em nossas bases. Podem vir, vai ver assim o Brasil acorde e invista em suas FFAA.
Mas na verdade eles não tem condições de atacar o Brasil, eles tão sem $$ até pra atacar a Líbia como é que eles vão fazer uma operação para invadir um pais de mais de 10.000Km? É impossivel."

"...que o exército nem me convoque porque eu num vou lutar pelo Brasil mais nem f... prefiro ser preso mais num boto minha mão no fogo por ideais de politico nenhum".

"Brasil um pais de m... onde ladrões, bandidos assassinos e estrupadores ficam em liberdade... tenho vergonha de ser brasileiro... mais infelismente sou ums dos milhões q quer mais não tem condições de mudar de pais aff infelismente".

"Eu sabia que ia dar nisso, agora se tiver guerra mesmo, ai que a copa do mundo no Brasil não acontece".

2 comentários:

J. B. Drummond disse...

Veja tambem:

http://amigosletras.blogspot.com/2011/06/terceira-guerra-mundial-ja-comecouno.html

sombor disse...

KKKKKKKKKK,Nossa já ate tinha levado um susto... Pocha mas fiquei muito triste! ia ser tao legal terras brasileiras tem territorio europeu, fiquei até feliz.

Postar um comentário